International Steering Team

No hemisfério norte, o inverno vai de 20 a 21 de Dezembro a 20-21 de Março

As árvores estão sem folhas , a vegetação desaparece sob a neve, enquanto aqui, no hemisfério sul , vivemos o calor do verão .
Em uma das escolas britânicas do Projeto Currículo Global , as crianças esperam a primavera que está chegando e enquanto isso estudam o tema “flores”. Elas gostariam de conhecer  algumas  flores do Brasil, país em que elas estão presentes em todas as estações . E foi assim que , ao fotografá-las e descrevê-las para  as crianças de Leeds e   Yorkshire  , começamos a prestar mais atenção na beleza da vegetação que ainda sobrevive ao asfalto e enfeita e torna menos cinzas a cidades paulistas

Eis as flores que conseguimos capturar :

1- Alamanda ( em frente à casa da Prof Sueli Nonato, EE Luiza Hidaka, Suzano. ) Nome científico : Allamanda cathartica . Essa trepadeira é proveniente do litoral norte, nordeste e leste do Brasil, muito vigorosa e bastante variável, de folhas brilhantes e espessas.

2- Alamanda Roxa – ( jardim da Prof Sueli Norito- EE Luiza Hidaka, Suzano. ) Nome científico: Allamanda blanchetti . Provém do litoral norte do Brasil.

3- Buxo ou Buxinho ( do jardim da casa, em Limeira, do irmão da Prof. Vera Lucia Mello , EMEF Guilherme de Almeida ) Nome Científico : planta da família buxaceae. A espécie é originária da Europa .

4- Caliandra (do jardim da prof Sueli Noriko, EE Luiza Hidaka, Suzano.) Nome científico : Calliandra brevipes Benth.As flores são pequenas, numerosas, reunidas em capítulos densos, com estames cor de rosa e também há brancos ou roxos em outras variedades. O florescimento ocorre durante a primavera-verão, correndo a lenda de que ele prenuncia chuva. Atrai beija flores.

5-  Manacá da Serra (do jardim da Prof. Marlene Pissolito, Colégio Bandeirantes) Nome Científico: Tribouchina Mutabilis. Nativa da Mata Atlântica, As flores são grandes, vistosas e duráveis. Elas desabrocham com a cor branca e gradativamente vão tornando-se violáceas, passando pelo rosa. Esta particularidade faz com que na mesma planta sejam observadas flores de três cores. Florescem no verão.

6- Onze Horas ( do jardim da Prof Sueli Norico , EE Luiza Hidaka, Suzano ) Nome Científico: Portulaca grandiflora. Nativa do Brasil, de 15-20 cm de altura .As flores se abrem pela manhã com a presença do sol forte.

7-  Primavera ( quintal da vizinha da Sra Fania Katz, consultora do CECIP, São Paulo) Nome científico- Bouganvillea glabra . Planta nativa do Brasil (Rio Janeiro), levada para a Europa e de lá para o mundo pelo Almirante Francês Louis de Bougainville . Flagramos , ainda , Gerânios  na janela de uma livraria , uma flor azul anônima na janela de um apartamento, lírios , ipês e acácias no caminho da Prof Débora Maria Macedo, da EMEF Guilherme de Almeida .    

Saiba mais : Livro “ Plantas Ornamentais no Brasil”. Autores: Harri Lorenzi & Hermes Moreira de Souza. Editora Instituto Plantarum
March 6, 2012, 9:10 p.m.

This project is conducted with the assistance of the European Union. The contents of it are the sole responsibility of the implementing organisations and can in no way be taken to reflect the views of the European Union.

supported by